bandeira (flag) bandeira (flag)

Pós-graduação em Permacultura - Relacionamento e Organizações

Permacultura significa Cultura Permanente, uma visão de mundo criada por Bill Mollison e Davis Holmgreen, ambientalistas australianos que projetaram padrões mais humanos e sustentáveis para nosso planeta.

Luiza Helena e Raul Monteiro (sócio-fundadores do Instituto Janus) são pioneiros na aplicação científica da Permacultura, tanto para cuidar das relações em ambientes humanos, quanto da manutenção de um clima sustentável nas organizações de todo tipo.

Eles foram titulados Especialistas em Permacultura. Tiveram suas respectivas monografias aprovadas no Curso de Especialização em Educação e Permacultura (...) da Universidade Estadual do Ceará - UECE.

Luiza Helena (na foto acima, ao centro), atual presidenta do Instituto Janus, defendeu a monografia "Permacultura e Trabalho Processivo: o fluir da experiência em si mesmo e no meio ambiente" em 18 de dezembro de 2013, que trata do princípio ético da permacultura que é cuidar das pessoas.

"O estudo pretende mostrar a relação da Permacultura com o Trabalho Processivo, através da sua aplicação ao social, facilitando assim o processo de despertar da consciência humana para a situação global e permitindo à humanidade tomar as atitudes adequadas para possíveis soluções criativas para o planeta e seus habitantes", defendeu Luiza. A monografia relaciona a Permacultura, segundo David Holmgren: origem, princípios éticos e design com o Trabalho Processivo criado por Arnold Mindell, a partir de sua história, conceitos, métodos e aplicações; trazendo um diferencial nas práticas permaculturais do cuidado com as pessoas.

----

Já Raul Monteiro (3°. da esquerda pra direita), sócio fundador, defendeu, em 12 de fevereiro de 2014, a monografia "Permacultura e Trabalho Global: Mantendo uma organização sustentável", que extende para grupos e empresas a aplicação da permacultura através de um "diálogo" entre uma visão organizacional oriunda de um estudo de Harvard, e a Permacultura de Holmgren. A seguir seu resumo:

Raul diz que o seu trabalho "pretende mostrar a importância e a plausibilidade da utilização da Permacultura por organizações em geral. Diante da (...) necessidade de organizações, locais e mundiais, conscientes do seu papel na economia e na ecologia do planeta, busca-se oferecer uma opção que atenda aos interesses, aparentemente opostos, dos negócios e da ecologia. Esta verdadeira síntese dialética poderá ser alcançada com a utilização do Trabalho Global, que é a aplicação ao Social, ou seja, comunidades, empresas e grupos, do Trabalho Processivo – ambos criados por Arnold Mindell, propiciando assim que a Permacultura possa ser utilizada por organizações, respeitando suas essências e necessidades, no mundo atual", conclui.

----

Veja uma aplicação prática de nosso trabalho com organizações aqui.

Ou veja nossa proposta de integrar o planejamento pessoal com a essência de cada um ou cada uma.

Materiais

Olá, fico feliz de saber que existem pessoas como vocês que desenvolvem um trabalho tão importante, disposto a produzir novos perspectivas e paradigmas. Gostaria de saber da disponibilidade do centro em enviar alguns materiais já produzidos via e-mail para serem estudados e trabalhados no centro onde estudo (UNESP). Obrigado.

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.