bandeira (flag) bandeira (flag)

Uma abordagem para Casais Orientada pelo Processo

Casais de todos os tipos, não importando em que estágios da relação se encontrem, anseiam por mais amor, mais companheirismo, mais liberdade e realização pessoal. Não é verdade?

 

No entanto, nos parece que a grande maioria se conforma em não conseguir tudo isto e fica, ou “sonhando” uma outra realidade, ou, quando quase consegue chegar lá... “morre na praia”, entrando em outra relação onde, muito provavelmente, começará tudo de novo, num, aparentemente inexplicável, ciclo repetitivo.

 

Porquê!?

 

Marginalização parece ser uma das principais causas. Outra causa, pode ser o apego desmedido ao comodismo e outra ainda, nossa recusa em aceitar que tudo muda todo o tempo. Além de constatar ser estranho não aceitar que o outro mude, ou que a relação possa mudar, vamos dar uma olhada de perto nesta tal marginalização?

 

Marginalização significa empurrar para longe, para a sombra, partes significativas de nós mesmos, dos outros ou até mesmo do mundo. Literalmente, transformar parte de mim, ou da relação, num “marginal”, com toda a carga preconceituosa que esta palavra tem em nossa sociedade.

 

Pois é! Assim, além de perdermos nossa integridade ou inteireza, ainda “ganhamos” de quebra um inimigo interior que vai fazer a maior confusão, “botar o maior boneco” até conseguir ser aceito de novo.

 

Nosso curso se propõe a ser tão “diversificado” quanto uma boa relação e esta diversidade será abordada em módulos, ou temas, que poderão inclusive ser pré-definidos pelos participantes em consenso com os facilitadores.

 

Por exemplo, no tema a seguir: Conflitos e tensões familiares, onde trabalharemos o fenômeno da marginalização, nossa pergunta-chave será: a ocorrência dos estresse, confusões e outras ameaças à relação não seriam “iscas” para capturar a atenção de um dos membros, ou do casal, para a necessidade de “acordar”, ou de “dar atenção” para algo marginalizado?

 

A abordagem que utilizamos, a Psicologia Orientada pelo Processo, visa estimular a percepção consciente de si mesma(o) e da relação, bem como a busca incessante de cada um(a) para ser livremente ela(ele) mesma(o). Esta liberdade, quando alcançada, paradoxal e surpreendentemente, fortalece a relação!

 

Este curso é uma alternativa à terapia de casais, já que tem um foco pedagógico, prático com vários exercícios e pode ser assistido pelo casal ou por qualquer um dos membros interessados, independente do interesse do outro. Afirmamos que esta segunda opção dá bons resultados tanto para a(o) participante, quanto para a relação.

 

Facilitadores: Luiza Helena e Raul Monteiro, casal com 18 anos de relação e de estudo do Trabalho Processivo, ou Psicologia Orientada pelo Processo. Ambos são certificados pelo Process Work Institute.

_____________________________________________________________________

Valores: por participante - R$ 200 / mód.
      juntos, por casal - R$ 300
/ mód.

Até 24.abril: por participante - R$ 160
        juntos, por casal - R$ 240

_____________________________________________________________________

Inscrição: 1. Depósito bancário: Banco do Brasil      Agência 3296-4, C-C 23106-1

                    Enviar e-mail com nome, telefone e comprovante do depósito ou da TED para raulmonteiro4@gmail.com

             2. Pagamento no dia do curso é possível, mas como o curso está limitado em 8 vagas, não temos como garantir quem chegar acima deste número!

 

O Curso: será dado em módulos mensais, dos quais já temos definidos os seguintes:

  • Conflitos e tensões familiares

  • Comunicação e suas armadilhas

  • Questões sociais e suas influências

  • Sexualidade e dificuldades sexuais

  • Sexualidade e espiritualidade

  • A liberdade na relação

  • Separação e filhos

  • Outros temas emergentes ou sugeridos

 

Qualquer dúvida, ou esclarecimento, é só nos telefonar.

 

Comentários de Módulos anteriores:

"O curso é uma oportunidade ímpar de tomar consciência dos processos e, assim, melhorar a convivência com o outro. Parabéns pela preciosa ajuda aos casais!"

 

Enviar novo comentário

O conteúdo deste campo é privado não será exibido publicamente.